Voltalia inaugura complexo eólico de 108 MW em São Miguel do Gostoso / RN

Com a inauguração do Complexo Eólico de São Miguel do Gostoso no dia 19 de outubro, realizada pela companhia francesa Voltalia, em parceria com a COPEL – Companhia Paranaense de Energia – 270 mil famílias do Rio Grande do Norte são beneficiadas com energia limpa.

JPEG

Quando começou o seu discurso na cerimônia frente às autoridades, aos proprietarios locais e à equipe do parque, Robert Klein, Country Manager da Voltalia Brasil, lembrou: « Dez anos atrás, andava por esta terra, tentando achar o melhor lugar para receber um complexo eólico. Nessa época, poucas pessoas acreditavam, mas apostamos nos ventos do Rio Grande do Norte e continuamos a investir em projetos de energia renovável, que consideramos essenciais no desenvolvimento econômico e social do estado e da região do Nordeste. »

JPEG

36 aerogeradores – capacidade de 108 MW

Com 36 aerogeradores, o complexo tem capacidade instalada de 108 Megawatts e contribui com uma redução de emissão de 205.042 tonladas de CO2 por ano. O projeto empregou, no auge da construção, 590 profissionais e cria atualmente muitos empregos diretos e indiretos.

Um potencial econômico a fortalecer

O Nordeste do Brasil e, principalmente o Rio Grande do Norte, possui um enorme potêncial e dispõe de uma oportunidade única de desenvolvimento econômico e social. O estado conta, atualmente, com a maior capacidade de produção eólica do Brasil, mas como destacou Robert Klein « isto pode mudar, outros estados se aproximam e a capacidade restrita de transmissão pode limitar e atrasar o desenvolvimento. Por isso repito, não podemos parar. Precisamos crescer juntos para atrair novos investimentos e manter o desenvolvimento da região. Apesar da redução temporária da demanda energética, devido à crise atual, precisamos fortalecer o setor eólico para que o Brasil seja cada vez menos afetado pelas crises hídricas e sempre mais diversificado em termos de fontes de energia. »

JPEG
A equipe Voltalia Brasil, durante a inauguração do Complexo Eólico de São Miguel do Gostoso (19 de outubro de 2017)

Desenvolvimento solidário

Implantada fortemente na região, a Voltalia se comprometeu em apoiar muitos projetos sociais através do subcrédito social do BNDES. Há três anos, o grupo financia a Operação Sorriso, uma organização internacional que cuida das crianças com fissura labio-palatina, com o intuito de facilitar o acesso à cirurgia. O programa também forma cirurgiões locais e assume o acompanhamento pós-operatório das crianças envolvidas no projeto.

No setor da saúde, se destaca também o Projeto Vida, que apoia as crianças que sofrem de câncer e seus familiares, a doação de um equipamento de ultrassom e a reforma de um posto de saúde.
A Voltalia apoia também varios projetos ambientais, como o Projeto TEAR de proteção às tartarugas marinhas e culturais, como a Mostra de Cinema de São Miguel de Gostoso.

JPEG
A organização Operação Sorriso oferece a possibiidade de reintegração social para crianças com fissura labio-palatina.

Nota: A Voltalia é uma companhia internacional produtora de energia elétrica a partir de fontes renováveis (eólica, solar, hidroelétrica e biomassa) e que presta serviços a clientes terceirizados. A empresa está presente em 15 países espalhados pelos 4 continentes e é cotada na bolsa de valores Euronext Paris desde julho de 2014 (VLTSA).

publicado em 03/11/2017

Topo de página