Visita à Fortaleza de Romain Louvet, cônsul geral e Margot Gallot, responsável pela comunicação e relações públicas (27-28 de julho de 2017)

Encontros interessantes e promissores relativos ao futuro da cooperação entre a França e o estado do Ceará:

• Na UFC: renovação do acordo de cooperação com a Universidade Federal do Ceará (UFC) no centro da discussão

JPEG

O pró-reitor de relações internacionais da UFC, o professor José Soares de Andrade Junior, a diretora do centro de ciências humanas da UFC, a professora Maria Cabral Vladia Borges, bem como a diretora da Casa da Cultura francesa da UFC, a professora Rosa Virgínia Grippon, reiteraram os laços fortes e históricos que unem a Universidade e a França.

O professor José Soares destacou especialmente o dinamismo dos intercâmbios entre professores e pesquisadores. A renovação dos acordos de cooperação entre essa universidade e o consulado geral em Recife, que poderá ocorrer até o final do ano, permitiria a identificação de pontos de interesse. A diretora do centro de ciências humanas sugeriu principalmente dois temas:

o Transformar a UFC em um centro de aplicação do exame profissionalizante de francês
o Criar um programa de residência que permitiria aos alunos da UFC – futuros professores de francês – realizar um estágio de verão na França, com uma reciprocidade para os alunos franceses visando formarem-se professores de português.

O encontro na UFC foi concluído com uma visita da “Casa de Cultura Francesa” e uma conversa com a Sra. Ana Claudia Barbosa Giraud, coordenadora do projeto FRANCOCULTURE sobre as perspectivas e futuro da instituição. A Casa Cultura celebrará seus 50 anos em 2018.

JPEG

• Com os alumni

Lucas Lessa, vencedor do programa Lab Citoyen 2017 do Instituto Francês reuniu, a pedido do cônsul geral, 4 ex-alunos brasileiros que estudaram na França em torno de um café da manhã para conversar sobre os motivos e finalidades de uma rede alumni. Todos expressaram entusiasmo e motivação à ideia de ver nascer tal rede. Considerando os estudos na França como uma vantagem em suas vidas pessoais e profissionais, eles reconhecem, entretanto, sentir certa frustração devido ao empobrecimento ao longo do tempo de suas relações com a França e a Europa.
Após esse encontro, um grupo no Facebook já foi criado a partir da iniciativa dos alunos presentes ... princípio de uma rede alumni do Ceará ?

• No centro cultual Dragão do Mar

O presidente Paulo Linhares do Instituto Dragão do Mar e a Sra. Natasha Faria, coordenadora dos laboratórios de criação da sua Escola de artes, principalmente, manifestaram grande interesse em aprofundar os laços entre sua instituição e instituições culturais e de pesquisa francesas.
Esse complexo composto de auditório, teatro, cinema, planetário, dois museus, cafés e uma escola de arte, que se estende sobre 30 000 metros quadrados demonstra um dinamismo admirável. A qualidade do projeto e da programação do Dragão do Mar incita a buscar as vias de uma cooperação mais aprofundada.

E na Aliança Francesa, acompanhados da consulesa honorária Sra. Fernanda Jensen, o cônsul geral, a responsável pela comunicação e RP, encontraram a diretora Magali Claux e seu comitê, incluindo o presidente Hélio das Chagas Leitão e alguns de seus parceiros para uma discussão livre e descontraída em volta de um verre de l’amitié.

créditos : Viktor Braga/UFC

publicado em 22/08/2017

Topo de página