Últimos dias para Marguerite Duras na Aliança francesa no Recife

Teatro, dança e cinema no encerramento do centenário da escritora na Aliança Francesa Recife.

Nascida em 1914, na província francesa de Gia Dinh, na Indochina (atual Vietnã), Marguerite Duras foi um dos mais significativos nomes das artes do século 20. Romancista, dramaturga e diretora de cinema, Marguerite Duras foi engajada na Resistência Francesa durante a Segunda Guerra Mundial, e exerceu grande influência nos universos acadêmico e intelectual da Europa.

Programação:
Quarta,12
18h – Mostra de Artes Visuais – Fundaj
20h – Peça “Pouco me importa se tu me amas. Eu sou Duras”
21h – Dielson Pessoa dança a música “India song”, do filme homônimo de Duras
21h15 – “Simplesmente no limite”: vinho e verbo com Beatriz Ivo (jornalista e consultora sênior especialista em marketing e comunicação) e convidados – o historiador Manoel Affonso de Mello, o médico oncologista Rossano Araújo, a jornalista e escritora Luce Pereira (“Essa febre que não passa”) e a diretora de jornalismo da Globo Nordeste Jô Mazzarolo

Quinta,13
18h – Exibição do filme “Nathalie Granger”, escrito e dirigido por Marguerite Duras | Com Jeanne Moreau e Gérard Depardieu
20h – Peça “Pouco me importa se tu me amas. Eu sou Duras”
21h – Solo de dança “OSSevaO”, de Silvinha Góes

Sexta,14
19h30 – Exibição do filme “O amante” + bate-papo com Catarina Andrade (Cineclube da Aliança Francesa Recife) – cineclube.

Mais informações:
(81) 3202.6262
www.af.rec.br/duras


JPEG

publicado em 18/01/2017

Topo de página