Pernambuco terá escritório de representação da Universidade de Toulouse

Protocolo de intenções para fortalecer cooperação acadêmica entre a instituição francesa e as universidades de Pernambuco foi assinado durante evento com a presença do presidente François Hollande e do ministro Aloizio Mercadante.

Diogo Simões, directeur président de la FACEPE, Bertrand Monthubert, Président de l'Université Toulouse 3 et François Hollande, Président de la République française. - JPEG
A instituição francesa vai abrir um escritório no ano que vem no campus Recife da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) com o objetivo de favorecer o desenvolvimento dos intercâmbios de estudantes e também reforçar ou criar programas de pesquisa e de formação.

Para isso, um protocolo de intenções envolvendo a Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado (Sectec), a UFPE e a universidade francesa foi assinado durante o evento "Diálogo de Alto Nível Brasil-França em educação", que aconteceu em Brasília, com a presença do presidente francês François Hollande e do ministro da Educação, Aloizio Mercadante.

O protocolo, assinado pelo diretor-presidente da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe), Diogo Ardaillon Simões - que representou o secretário Estadual de Ciência e Tecnologia, Marcelino Granja -, o reitor da Universidade de Toulouse III, Bertrand Monthubert, e o reitor da UFPE, Anísio Brasileiro.

O escritório permanente da Universidade de Toulouse funcionará no Departamento de Oceanografia da UFPE e oferecerá um cargo de professor visitante que desenvolverá suas aulas e pesquisas além de contatos entre universidades, laboratórios, pesquisadores e professores-pesquisadores, a fim de favorecer a cooperação internacional e a colaboração no âmbito do ensino e da pesquisa.

As partes envolvidas na parceria estão organizando um seminário franco-brasileiro que reunirá os membros da Universidade de Toulouse e das universidades de Pernambuco, em abril de 2014, no Recife.

Diálogo de Alto Nível Brasil-França : Durante sua visita a Brasília, o presidente François Hollande realizou, junto ao ministro Aloizio Mercadante, um balanço da cooperação educacional entre o Brasil e a França e formalizou importantes parcerias na área educacional entre os dois países.

Uma delas é o envio de 1.000 estudantes brasileiros para cursar mestrado profissional no âmbito do CsF nos anos de 2014 e 2015, e a outra, a criação do Français sans Frontières, curso de francês online cujo objetivo é promover o aprendizado do idioma para os bolsistas do programa federal. Outro acordo prevê a contratação de estagiários brasileiros do CsF em empresas francesas.

publicado em 06/04/2016

Topo de página