Morreu fotográfo francês Marc Riboud

JPEG - 31 KB
© Marc Riboud © Marc Riboud

A partir dos anos 1950, Riboud começou a viajar o mundo. Ele traz então imagens históricas, políticas mas também poéticas dum mundo em mutação : ele acompanha a epoca da guerra fria como também o periodo das indepêndencias das colonias ocidentais.

Riboud entra na famosa agência Magnum junto com Henri Cartier-Bressson e Robert Capa, outros grandes nome da fotográfia francesa e vai conhecer o Médio Oriente, o Afeganistão, a India, a China e o Japão. Depois, nos anos 1960, irá cobrir a indepêndencia da Argélia e de varios países da África subsahariana como a guerra do Vietnã. No final do século, ele volta com frequência para China.

Marc Riboud visitou o Brasil numa única ocasião, em 2009 onde ele fez umas fotos em cores. Algumas delas foram apresentadas na mostra dedicada ao obra dele que circulou pelo país em 2010. No Nordeste, ela passou pelas cidades de Fortaleza, Recifee Salvador.

publicado em 31/08/2016

Topo de página