Duas companhias francesas em cartaz no Festival do Circo do Brasil

PNG

Este ano, serão realizados mais de 40 apresentações por 16 grupos nacionais e internacionais. A programação segue com exposição, encontro de mágicos, lançamento de livro, vivências circenses, exibição de filmes e o segundo ano consecutivo das oficinas Circus Next- importante intercâmbio entre professores franceses (escolas La Grainerie e Lido) e artistas locais.

O grupo francês Oktobre apresentará seu magnífico espetáculo de ilusão e dramaturgia na abertura do Festival dia 30 de outubro às 21h no Teatro Luiz Mendonça, assim como nos dias 31/10 (sábado) e 01/11 (domingo) às 20h.

A companhia francesa Le Cirque Hirsute apresentará seu espetáculo Les Butors no Teatro Santa Isabel no dia 6 de novembro às 21h e nos dias 7 e 8/11 às 17h.

Além disso, o Festival promoverá um momento de troca e qualificação para mágicos profissionais de Pernambuco. Dia 3/11 às 22h30 na Galeria Joana D’Arc, artistas inscritos terão a oportunidade de conversar e aprender técnicas de ilusão com um dos principais mágicos do mundo: Yann Frisch. Fundador da Companhia Oktobre, ele é ganhador de um dos maiores prêmios mundiais de mágica, o Grand Prix in close-up no FISM World Championships of Magic de 2012. No mesmo ano ganhou o título de Campeão do Mundo na Convenção Internacional de Mágica de Beijing- China.

Enfim, o Festival receberá, pelo segundo ano consecutivo, o Laboratório de Criação CircusNext (Lab). O Lab ocorrerá durante 10 dias e contará com 10 artistas: 5 franceses e 5 pernambucanos, sob a observação de Albin Warette e Jean Michel Guy. Num período de experimentação artística, o grupo trabalhará coletivamente sobre o projeto de criação de cada artista. O intercâmbio de técnicas e conhecimentos também inclui atividades de apresentação da cultura local aos estrangeiros.

Mais circo impossível!

publicado em 20/10/2015

Topo de página