Ateliers Varan : feedback de experiências

JPEG

A Oficina H2O Cine Recife aconteceu em Recife do dia 1 de agosto até o dia 16 de setembro. Dez alunos tiveram a oportunidade de realizar filmes sobre o tema da água e do meio ambiente seguindo os metodos documentários dos Ateliers Varan, grupo francês.

THOR NEUKRANZ fez parte da turma e realizou o filme "Dibuiar". Ele contou um pouco dessa experiência singular para nós.

“... Mesmo sendo estudante de cinema, só na oficina dos Ateliers Varan que tive a primeira experiência com a câmera na mão. A dinâmica do curso me ajudou a aprender com os erros da turma e eles com os meus. A exibição seguida de debates com filmes como Metal & Melancolia (Metal y melancolia), No Meio do Mundo (Puisque nous sommes nés) e Em Nossas Mãos (Entre nos Mains) me fizeram perceber a potência do cinema direto para retratar os mais diversos contextos, seja na França, Moçambique, Brasil ou Peru.

A intensidade das 7 semanas foi algo que nunca vivi, nos dedicávamos todos os dias de manhã até a noite, nas últimas semanas, até a madrugada. A divisão das etapas e a competência dos professores da oficina foram cruciais pra absolvermos tanto conteúdo num curto espaço de tempo.

A experiência no processo e a afinidade entre Adriana Komives e Catalina Villar fizeram nossa base ser bem construída através de exercícios. A competência de Mariana Otero e Daniele Incalcaterra como realizadores nos conduziu para enxergarmos nossos próprios filmes. O fato de também contarmos com montadores profissionais, nos trazendo um “olhar de fora” na parte final do projeto, foi a cereja do bolo para a conclusão da oficina H20 Recife.

Meu filme surgiu a partir da minha convivência numa cooperativa de ex-catadoras de rua. Aos poucos fui ganhando a confiança de Marta, Dona Lindinalva e me aproximando das demais cooperadas. Ao mesmo tempo em que aprendia o que de fato eu estava fazendo lá. Com isso passei a tomar a perspectiva delas, reconhecendo suas emoções e dificuldades naquela situação. Por isso devo esse filme à elas, que me receberam de braços abertos...”

publicado em 17/10/2016

Topo de página